Rss Feed Tweeter button Facebook button Linkedin button
04/12/2020
|

Perguntar é o maior trunfo do comprador

Posted by Fred Rangel
Comment
2
abr

Abril 2012 – O Estado de São Paulo

Para a maioria dos brasileiros, a aquisição do primeiro imóvel ainda está para acontecer, fazendo do negócio uma opção para boa parte da vida de cada consumidor. Por isso, antes de ter certezas, os compradores devem cultivar algumas dúvidas.

A primeira delas, segundo o economista-chefe do Sindicato da Habitação (Secovi-SP), Celso Petrucci, deve ser feita por todos os familiares do interessado. “Estamos prontos para fazer um sacrifício ao entrar em um financiamento?” De acordo com ele, é importante não se deixar seduzir pelos impulsos consumistas, já que o endividamento pode se arrastar por até 30 anos. O professor de finanças da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Fábio Gallo recomenda o acúmulo de poupança e o conhecimento dos gastos domésticos. “A pessoa tem de ter cautela. É indicado o que chamo de orçamento ABCD (separando despesas alimentares, básicas, contornáveis e desnecessárias).” Ele lembra: poupar antes de gastar é sempre preferível a assumir dívidas em muitas prestações.

Novo ou velho? O tempo do imóvel também exige do futuro consumidor alguns questionamentos. Nas unidades mais velhas, as dúvidas principais devem recair sobre as condições físicas da edificação, a localização do imóvel – e seus vizinhos – e a condição jurídica de quem pretende vendê-lo. “É importante saber se a escritura do imóvel está registrada de maneira definitiva no nome da pessoa que está vendendo”, diz o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de São Paulo (Creci-SP), José Augusto Viana Neto. A conformidade do documento no cartório de imóveis diminui, segundo ele, a possibilidade de entraves. Viana Neto lembra ainda a necessidade de pedir certidões que garantam a idoneidade do proprietário e do cônjuge. “Quando se trata de um apartamento, deve-se tirar também certidão do condomínio”, recomenda.

O engenheiro civil Flávio Figueiredo, diretor da Daniel & Figueiredo Consultores Associados, pede atenção aos consumidores mesmo que o preço do imóvel pareça atraente. “A pessoa tem de procurar saber por que o proprietário quer vender mais barato”, diz. Se a procura é por um lançamento, os cuidados são outros. O comprador deve pesquisar, em órgãos de defesa do consumidor, qual é a reputação da incorporadora, legalmente responsável por todo o projeto. Além disso, o cliente precisa ter ciência da carência para o início das obras, da previsão de entrega do imóvel e dos prazos de tolerância em caso de atrasos.

Petrucci recomenda também que, durante a visita aos estandes de vendas, o interessado pergunte pelo registro de incorporação do empreendimento, sem o qual não é permitida a comercialização de unidades. “A pessoa também deve questionar: posso ver o memorial descritivo?”. Todo estande tem uma minuta do documento, que traz detalhes das unidades, incluindo a previsão de revestimentos nas dependências e até marcas adotadas.

O publicitário Nickolas Suzuki, de 32 anos, manteve-se na dúvida por um ano antes de comprar um apartamento de dois dormitórios no Campo Belo. “Alguns pontos importantes fui pegando aos poucos”, diz o rapaz, que visitou mais de 50 imóveis na procura pelo ideal. A sua decisão levou em consideração a localização do edifício – a oito quilômetros do trabalho – e a metragem do apartamento, com 85 metros quadrados de área útil. A estrutura do condomínio, com áreas de convivência como uma praça e um pub, também foi um diferencial na opinião de Suzuki, No período de pesquisa, o publicitário buscou informações sobre a construtora do empreendimento e visitou o edifício em dias e períodos diferentes para se cercar de informações. Previu ainda os gastos iniciais ao mês e, por isso, decidiu optar pelo financiamento em 30 anos. Pretende, entretanto, quitar o imóvel em menos de um terço do prazo. “Há duas semanas, tive segurança para fechar o negócio.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *