Rss Feed Tweeter button Facebook button Linkedin button
27/10/2020
|

Vendas de imóveis novos na cidade de São Paulo cresceram 28,7%

Posted by Fred Rangel
Comment
2
abr

Abril 2012 – Investimentos e Notícias – Setoriais

SÃO PAULO, 28 de março de 2012 – O mercado de imóveis novos inicia 2012 com boas perspectivas A venda de unidades residenciais novas na cidade de São Paulo cresceu 28,7% em janeiro, comparado ao mesmo mês do ano passado. Foram comercializados 1.068 imóveis no mês, diante das 830 unidades de janeiro de 2011.

Em valores, o volume movimentado com as vendas aumentou 17,2%, com R$ 504 milhões no primeiro mês deste ano e R$ 430,1 milhões em igual período de 2011. Atualizando o valor negociado em janeiro do ano passado – R$ 460,4 milhões, pelo comportamento do INCC – Índice Nacional de Custos da Construção, da Fundação Getúlio Vargas -, a alta no movimento na comparação dos meses de janeiro foi de 9,5%.

‘Apesar da tentação, não é recomendável comparar os resultados de janeiro com os de dezembro último. Há uma diferença técnica por janeiro ser o primeiro mês de sazonalidade baixa. Dezembro, por sua vez, se caracteriza pelo esforço de comercialização para fechamento do ano dentro das metas das empresas’, observa Celso Petrucci, economista-chefe do Secovi-SP.

Nesse sentido, em período de sazonalidade, a utilização do indicador Velocidade de Vendas ou VSO (Vendas sobre Oferta) de 12 meses proporciona uma visão melhor que o indicador mensal. O VSO de 12 meses, relativo ao período de fevereiro de 2011 a janeiro de 2012, foi de 58,3%, superior aos 57,2% percebidos no ano passado.

Vale lembrar que em janeiro, o segmento de 2 dormitórios foi responsável por 43,7% das unidades escoadas (467 unidades) e o nicho de 3 dormitórios, com 415 unidades, participou com fatia de 38,9%. Em síntese, imóveis de 2 e 3 dormitórios responderam, juntos, por 82,6% das vendas em unidades do primeiro mês de 2012.

Já os lançamentos residenciais na capital paulista totalizaram 674 unidades em janeiro, com alta de 12,1% em relação às 601 unidades do primeiro mês de 2011. De acordo com a Embraesp (Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio), 62% das unidades lançadas no mês correspondiam a imóveis de 2 dormitórios (418 imóveis).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *